UniFinep convidou Priscila Trasmontano para apresentar sua dissertação em seminário

A analista Priscila Trasmontano apresentou no dia 23/5/2018 sua dissertação de mestrado - produzida no LATEC/UFF - e os resultados da aplicação do projeto na Finep. A pesquisa que tem como título “Gestão de Ativos e Passivos: um estudo de casos múltiplos nas instituições financeiras brasileiras” foi apresentada no auditório do 10º andar, às 10h. A palestra contou com a presença do orientador da pós-graduada, o Prof. D.Sc. Julio Vieira Neto.

O trabalho acadêmico se propôs a aprofundar os estudos sobre a Gestão de Ativos e Passivos no Brasil. De acordo com a analista, a bibliografia sobre o tema é escassa no País. Tendo isso em vista, ela trabalhou a partir de entrevistas com especialistas na área e bibliografia estrangeira para que a pesquisa alcançasse seu objetivo: estruturar a Gestão de Ativos e Passivos, que em inglês recebe o nome de Asset and Liability Management (ALM), na Finep. “Ela é capaz de quantificar e monitorar os diversos tipos de riscos que uma instituição financeira se depara, e, em particular o risco de variação da taxa de juros que impacta os valores das posições atuais, bem como os custos e benefícios das ações presentes e futuras”, explica.

Apesar da aplicação ainda tímida no País, Priscila conseguiu juntamente com a equipe da Finep desenvolver o sistema na empresa. “Na apresentação, vou demonstrar os resultados do primeiro trimestre de 2018 e contar um pouco sobre a história do desenvolvimento da ferramenta ALM”, afirma. “Ainda falta aprimoramento, mas já avançamos bastante e isso graças à equipe de Tecnologia da Informação da Finep, que foi peça fundamental na criação de um sistema que contemplasse as características da financiadora”, complementa.  

A ALM tem por objetivo minimizar os riscos financeiros de uma instituição e aumentar a sua lucratividade. Para isso, o sistema realiza uma análise de descasamento [Gap Analysis], que constitui em observar alguns fatores como taxa, prazo e volume. A partir destas variáveis, simular e projetar cenários. “Não temos como prever o comportamento da economia, ainda mais quando falamos em taxas, fator que foge do nosso controle. Porém com a ALM conseguimos simular cenários e, consequentemente, os possíveis modos de lidar com eles”, esclarece.

Priscila conta que foi árdua a consolidação da dissertação, já que concomitante ao trabalho acadêmico ela aplicava o sistema na empresa. “Fui estimulada a me debruçar sobre o tema a partir do desafio que estava vivenciando na Finep. Senti a necessidade de me aprofundar e submeti a pesquisa ao programa de mestrado em curso”, finaliza.

A pesquisa foi concluída em 2015, e desenvolvida na Universidade Federal Fluminense (UFF) pelo programa de Mestrado em Sistemas de Gestão. Priscila tem 36 anos, é formada em Ciências Contábeis e funcionária da Finep desde 2010. Atualmente, faz parte da equipe do Departamento de Planejamento Financeiro, Orçamentário e de Custos (DPFC). Para concluir o trabalho acadêmico, a analista contou com o custeio de 90% do valor oferecido pela UniFinep, conforme edital da época.